3 Razões porque uma dieta vegana é a escolha perfeita para o Dia da Terra

Dia da Terra

Hoje é o Dia da Terra mais importante da história. Conforme as crises climáticas e de biodiversidade pioram ao redor do mundo, encaramos um ponto de virada para a humanidade: ou agimos e consertamos a situação juntos, ou continuamos a causar os problemas que nos trouxeram até aqui. 

Então o que nós, como indivíduos, podemos fazer para ajudar? É claro que existem várias maneiras. Você pode trocar o seu fornecedor de energia por um fornecedor de energia renovável, parar de consumir fast fashion, garantir que você não possui investimentos em combustíveis fósseis ou até mesmo comprar um carro elétrico. Mas existe uma coisa que todos nós podemos fazer para provocar um grande impacto no mundo todo, e começa com a nossa alimentação. 

Cortar os produtos de origem animal da sua dieta causa um impacto incrível. Aqui vai três motivos para isso (sustentados cientificamente):

1. Uma dieta vegana é “o melhor e maior jeito” de reduzir o seu impacto na Terra 

A maior análise científica já feita na história(feita pela Universidade de Oxford) revelou as terríveis pegadas de carbono e solo da agricultura animal. A análise explicou  como a criação de animais fornece apenas 18% das calorias, mas consome globalmente 83% das terras agrícolas. Mas isso é somente o uso da terra, as emissões são piores do que se pensava anteriormente. 

O estudo, publicado na Science (uma dos periódicos científicos mais respeitados do mundo), mostrou como até mesmo “o bife de menor impacto” ainda era muito mais danoso para a atmosfera do que qualquer alimento à base de plantas. 

Efeito da criação de gado no efeito estufa

2. Uma dieta vegana requer muito menos solo e libera espaço para sequestro natural de carbono por meio das árvores 

A Nature Sustainability (outro periódico científico de importância global) publicou um relatório no ano passado demonstrando o impacto incrivelmente positivo que as dietas à base de plantas podem ter sobre as mudanças climáticas. 

Você pode dar uma olhada no resumo abaixo, mas aqui vai You can check out the abstract/summary below, but here’s a brief version and explanation we have prepared:

Esse novo estudo revelou o enorme ‘custo da oportunidade de carbono para manter gado‘. Mas o que isso significa?

Isso significa que existe uma imensa quantidade de carbono da atmosfera que o solo poderia rebaixar/capturar (por meio de árvores/plantas, etc.) se não estivesse sendo utilizado para criação de animais/produção de gado. Também significa que existe um custo de oportunidade ecológica – por exemplo: as florestas, pântanos, lobos, herbívoros selvagens e ecossistemas prósperos que o solo poderia abrigar se fosse reflorestado e não mais destinado à criação de animais.  

Custo de oportunidade da pecuária na terra

Mas como eu posso colocar tudo isso de forma simples para poder explicar esse argumento para os meus amigos, parentes e colegas?

Aqui vai o nosso esforço:

A pesquisa nos mostra que é muito melhor usar as terras para o plantio (por exemplo de árvores, grama ou cultivo) para rebaixar o carbono da atmosfera, ao invés de criar animais para produção de carne/laticínios, etc.

O impacto que podemos ter ao trocar a nossa produção de alimentos para dietas veganas ou à base de plantas é ainda maior do que pensávamos. O relatório explica como uma mudança para dietas à base de plantas nos permitiriam rebaixar mais de 500 gigatons de CO2e*… isso são 500 bilhões de toneladas! Isso nos daria uma boa chance de limitar o aquecimento global para 1.5ºC.

2. Dietas veganas são essenciais para proteger a biodiversidade

Um novo relatório do think tank britânico Chatham House descobriu que as dietas veganas são o melhor jeito de proteger a biodiversidade ao redor do mundo. 

O relatório, intitulado Os Impactos do Sistema Alimentar na Perda da Biodiversidade, destaca como a agricultura/cultivo animal é uma ameaça perigosa para a maioria das espécies que estão atualmente sob risco de extinção.

Desmatar a terra para a criação de pastos para animais de cultivo é a principal causa de perda de habitat no mundo. Nesse momento, a maioria do nosso plantio é cultivado apenas para alimentar os animais de cultivo para produzir carne (apesar das muitas pessoas passando fome no mundo).

O relatório afirma que uma mudança em direção ao consumo de alternativas à base de plantas para carne e laticínios certamente ajudaria nessa situação e ajudaria a proteger a nossa biodiversidade. O cultivo de plantações/plantas/vegetais ao invés de animais consome muito menos recursos e economiza uma quantidade enorme de solo e de água. 

O relatório estima que, se o mundo fizesse a transição para uma dieta vegana, mais de 75% das terras de cultivo do mundo poderiam ser utilizadas para outros propósitos. Boa parte dessa terra poderia ser restaurada ao seu estado natural, e forneceria habitat para animais selvagens(ajudando a proteger e restaurar a biodiversidade). Você pode ler o relatório completo aqui.

Como você pode ver, do ponto de vista ambiental, existem muitos argumentos a favor das dietas veganas! É claro que existem muitas outras razões para manter os animais fora do seu prato(bem estar dos animais, recursos alimentares, saúde, etc), mas essa aqui é muito importante. 

Então, da próxima vez que alguém desafiar o veganismo e pedir para você explicar tudo, é só ter esse blog e esses fatos em mãos! 

Dito isto… nós esperamos que você não precise explicar o veganismo o tempo todo e que você encontre alguém que compartilha do seu amor pelos animais e pelo nosso planeta! E é por isso que o Veggly existe!

Para ver algumas das nossas histórias de sucesso e mensagens dos nossos usuários que encontraram amor com os seus Veg-Matches, por favor acesse essa página aqui. 

E, se você está lendo isso, nós encorajamos você a participar do Dia da Terra esse ano para fazer um impacto positivo da maneira que puder. 

E para ficar em dia com todos os nossos anúncios, outras notícias, posts do blog e parcerias futuras, por favor se inscreva no nosso blog e acompanhe o crescimento do Veggly através das nossas canais :

Instagram

Facebook

Twitter 

LinkedIn

* CO2e (dióxido de carbono equivalente) é uma unidade de medida para pegadas de carbono. O CO2e é  usado para expressar o impacto de cada um dos gases de efeito em termos de CO2 que criaria a mesma quantidade de aquecimento global.

Deixe uma resposta